Sobre a boa e velha agenda

Acredito que todos já tiveram agenda nem que seja por apenas um ano. Muitos dizem que é a forma mais prática e fácil de se organizar.

Ela é muito indicada para marcar aqueles compromisso super importantes, que não podem ser perdidos. Reuniões, encontros, entregas de trabalhos, encomendas, consultas médicas, festas, aniversários, enfim, as datas especiais que não podem passar despercebidas.

Para muitas pessoas uma vantagem das agendas é que elas já possuem datas e um padrão de páginas já formatados, o que pode tornar mais rápido e prático o preenchimento dos afazeres diários

Agenda de bolsa 2018

Planner: o queridinho da vez

Já os fãs dos planners defendem que utilizá-los para organização é muito mais inspirador e estimulante, já que são mais livres para customização.

Outra característica muito importante para os planners lovers é que, dependendo do modelo, pode-se ter uma visão geral da semana e/ou do mês, tornando muito mais fácil o preenchimento das tarefas.

Porém, se dedicar a um planner pode tomar um tempinho a mais em sua rotina. Os adeptos dessa ferramenta de organização costumam até guardar um horário do dia exclusivamente para preencher suas páginas e soltar a imaginação com a letras decoradas, colagens, cores, adesivos e tudo mais  que for necessário para destacar suas anotações, registro de hábitos, compromissos, lista de afazeres e etc.

Planner semanal

Não precisa ser uma competição

Pode parecer exagero, mas planner e agenda conseguem trabalhar muito bem juntos. Para aquelas pessoas que têm uma rotina muito intensa e precisam de diferentes estratégias para os planejamentos a curto e longo prazo, utilizar as duas formas de organização pode ser muito produtivo.

Planner Floral

Agenda Galaxy

Minha experiência

Bom, eu já tive muitas agendas e  comigo acaba acontecendo sempre o mesmo: em meados de abril eu já não consigo manter a rotina de preencher as páginas com as tarefas diárias. E o resultado não poderia ser diferente, ao chegar o final do ano tenho mais uma agenda sub-utilizada, cheia de anotações soltas e papéis dos mais variados, que serviram de apoio para a organização do dia a dia.

Por isso o planner semanal não datado é o formato que mais funciona pra mim. Por conta da correria eu acabo não dedicando muito tempo com as decorações, mas por outro lado, o fato de poder preencher as datas facilita muito minha rotina. Dessa forma utilizo o planner somente nas semanas mais atarefadas, em que preciso de mais organização sem, comprometer a continuidade do planner.

vitrine
+
+
+
+
+
+
+
+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *